"O tempo e espaço podem separar duas pessoas, mas nunca dois seres".-- Fábio Ibrahim El Khoury

Facebook

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Pensamentos x Realidade: Você está preparado?

Um texto para uma ótima reflexão.




Você estaria moralmente preparado para viver em uma sociedade onde todo mundo a sua volta tivesse acesso aos seus pensamentos? A maior parte dos nossos pensamentos, na maioria das pessoas, diz respeito à pré-julgamentos que fazemos sobre as pessoas os quais são recheados de preconceitos e geralmente sobre uma base emocional de baixíssima vibração. Outra grande parte dos nossos pensamentos revela o quanto nos preocupamos em mostrar externamente aquilo que não somos internamente simplesmente para agradar à sociedade em que vivemos. Na verdade, costumamos mentir o tempo todo. Tudo isso seria bastante constrangedor, você não acha? Agora, se nós nos dedicássemos mais ao nosso autoconhecimento, nossa mente estaria bem mais povoada com pensamentos muito mais interessantes e agradáveis à observação dos nossos circunstantes. Seríamos mais verdadeiros, honestos e transparentes. Olha aí pessoal, essa nova sociedade planetária não seria tão utópica assim como muita gente pensa não, ela está muito mais próxima do que possamos imaginar. Faça já a sua autoanálise e verifique quais as suas condições éticas para viver harmoniosamente nesse novo mundo. Não se esqueça, a sua verdadeira qualidade ética está na qualidade dos seus pensamentos e não na imagem que você apresenta externamente. Nós, na verdade, somos o que pensamos e tudo será exposto escancaradamente aos nossos irmãos. Já não poderemos mais esconder as nossas verdadeiras identidades e intenções. Fiquem atentos meus amigos, as coisas vão mudar para muito melhor, mas esse melhor somente estará reservado para os melhores de nós. Busquem conhecimento de qualidade, busquem a verdade, somente ela pode nos libertar.


Autoria: José De Arimatéia Prado
Sugestão/Colaboração: Cristina Francez
(29/12/2011)
Texto na íntegra



Fonte: blog do fabio ibrahim



.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Consciência e Saúde: O Milagre de Gerson



O Milagre de Gerson - The Gerson Miracle (cura câncer)


Para ver direto no vimeo - link: http://vimeo.com/34232053


O Milagre de Gerson - The Gerson Miracle (cura câncer)

O Milagre de Gerson - The Gerson Miracle (2004)
(Canadá, 2004, Direção: Stephan H. Kroschel)

Imperdível!
Se você tem ou conhece alguém que tenha Câncer não vai poder perder esse filme!

Terapia do médico Max Gerson através do filme Gerson's Miracle, que é considerada por muitos o tratamento mais efetivo contra o Câncer.
O tratamento ataca o câncer baseando-se na NUTRIÇÃO, tendo uma enorme porcentagem dos seus pacientes totalmente curados, sem quimioterapia, sem radiação, sem cirurgia, sem náusea e sem perder cabelos.

Além disso o filme mostra com detalhes, os processos de se extrair dos alimentos os nutrientes necessários para o tratamento bem como os procedimentos de se fazer a desintoxicação dos elementos químicos nocivos acumulados durante a nossa vida.
O documentário também é um manual prático das coisas principais que devemos comer e aquelas que devemos evitar.

Apesar de não ser divulgada pela mídia comercial, a Terapia de Gerson curou dezenas de milhares de pacientes de Câncer, bem como diabetes e muitas outras doenças. Para os que já não acreditam nessa mídia, torna-se muito mais fácil acreditar nesse tratamento.

Visite também www.gerson.org



.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Música Popular examina a reencarnação e a redescoberta da missão da alma imortal

Texto copiando na íntegra - publicado no site Filosofia Esotérica
Fonte: filosofia esoterica



Como Diria Blavatsky

Música Popular Examina a Reencarnação
E a Redescoberta da Missão da Alma Imortal
Jorge Vercillo
 
 

Capa do CD de Vercillo “Como Diria Blavatsky”
 
000000000000000000000000000000000000000

Reproduzimos aqui, em primeiro lugar, trecho de uma entrevista do
cantor  Jorge Vercillo, publicada no blog http://jorge-vercillo.blogspot.com.

Em seguida, publicamos a letra da música “Como Diria Blavatsky”.
Finalmente, indicamos o link direto para ouvir a música.
A canção de Vercillo exemplifica o fato de que a música e a poesia
são instrumentos de expressão da sabedoria universal.  “Como Diria
Blavatsky” examina o processo de reencarnação de uma alma cuja

meta é cumprir uma missão altruísta. Ao nascer, perde-se a visão
da tarefa elevada. É mais tarde, quando nos deparamos com a nossa
fonte de inspiração superior, que resgatamos a sabedoria eterna e lembramos
“do tempo em que entendíamos que somos seres imortais”. A canção conclui
com otimismo, lembrando que podemos ter confiança: “Há tempo pra tudo”.  
(C. C. A.)

000000000000000000000000000000000000000

  
1.Trecho de Entrevista com Jorge Vercillo

Com mais de 1,5 milhão de CD´s e DVDs vendidos em mais de 15 anos de carreira, o cantor Jorge Vercillo, volta às paradas e inicia uma nova fase na sua carreira com seu novo CD, "Como Diria Blavatsky". Dessa vez seu novo álbum chega pelo seu próprio selo, Leve, distribuído pela Posto 9/MicroService. Uma referência musical como compositor e cantor, Vercillo diz que está em eterna evolução, como cantor e como ser humano. Vercillo, que já pensou em ser jogador de futebol, paralelamente cantava por bares cariocas aos 15 anos de idade, incentivado por uma tia. Depois de participar de alguns festivais musicais, foi entre 1989 e 1990 que Vercillo foi à Curaçao representar o Brasil em mais um festival, o que terminou atraindo atenção de produtores, até que, finalmente, em 1993 gravou seu primeiro disco, “Encontro das Águas”. Suas músicas caíram no gosto não só do público, como também da Rede Globo, que em várias novelas contou com a participação de diversas músicas suas. Hoje, com selo próprio e uma brilhante carreira que já soma 9 CDs, 3 DVDs e alguns prêmios como 3 Discos de Ouro e 2 indicações ao Grammy Latino, Vercillo iniciou uma nova turnê pelo Brasil e nesse meio tempo conversou com a MENSCH. O resultado você confere nessa gratificante entrevista.

(…)


Seu mais novo trabalho “Como diria Blavatsky”, de onde veio a idéia pro título? 

É um título inspirado numa obra de Helena Blavatsky, filósofa russa que fundou a moderna teosofia. Aonde o termo vem de duas palavras gregas: “Theos” (“Deus”) e “Sophos” (“Sabedoria”). A teosofia é uma forma de se aprofundar na espiritualidade, mas fora dos dogmas de uma religião organizada. E tem tudo a ver com esse meu momento.

Que qualidades você procura preservar como músico e como homem? 

Tudo que tenho estudado sobre filosofia, os princípios básicos da relação com o outro. O real sentido de ser humano, entender e respeitar o próximo. E isso independe de religião. Ser uma pessoa melhor, ser um homem de caráter. Isso vale para o músico e a pessoa que sou.


Para ler a entrevista completa, feita no último trimestre de 2011, clique em:  http://jorge-vercillo.blogspot.com/2011/11/revista-mensch-jorge-vercillo-como.html .]

2. Letra da Música “Como Diria Blavatsky”
Não sei olhar pra mim
Sem ser no espelho
Talvez por que não queira descobrir
De onde vim, quem sou
Mas ao me deparar contigo,
Eu lembro de um tempo

De um tempo em que os humanos
Não escravizavam os animais
De um tempo em que entendíamos
Que somos seres imortais

Do outro lado da Galáxia
Era você o meu mentor
Brincando, assim me preparava
Pro ouro e para dôr dessa missão
Que eu mesmo escolhi

E antes de eu “descer” me avisou:

“.... – Você não vai saber por quê está ali
- Você não vai saber lidar
Com seu poder
- Nem mesmo vai lembrar quem é
Nem de onde vem....”

Mas hoje, de algo em seu olhar
Eu me encontrei
Você me faz lembrar que somos Deuses
Caídos na terceira dimensão

Foi nossa escolha então
E porque não dizer que temos tempo
Pra Tudo (3x)


3. Link para Ouvir “Como Diria Blavatsky”
http://www.radio.uol.com.br/#/letras-e-musicas/jorge-vercillo/como-diria-blavatsky/2510531 .
000000000000000000000000000000000000000
O texto acima foi liberado para publicação em 21 de Dezembro de 2011.

Para ter acesso a um estudo diário da teosofia original, escreva a lutbr@terra.com.br  e pergunte como é possível acompanhar o trabalho do e-grupo SerAtento.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Quem sou?... by Lih Steiner

Quem sou?

Sou a vida de todos os meus ancestrais.
Sou o caráter de todas as minhas vidas.
Sou o respeito à minha natureza primordial.
Sou a virtude desenvolvida por meus inimigos.
Sou o caminhar para a luz motivada por meus ?lhos.
Sou a compaixão inspirada pelo amor de meus amigos.
Sou a disciplina moldada por meu dia-a-dia.
Sou a seriedade do não ser invadida.
Sou a satisfação interior por ter a chance de caminhar.
Sou o conhecimento da ética e o respeito a ela.
Sou a sabedoria in?nita de meu espírito.
Sou a vontade ?rme diante dos obstáculos que me fazem forte.
Sou a aceitação da dor que auxilia na correção de falhas.
Sou a mão estendida para quem solicitar.
Sou a justiça inspirada por seres sagrados.
Sou o prazer pelo trabalho íntegro.
Sou a negação do ócio e o envolvimento com a alegria.
Sou a organização que se faz permear pelo caos.
Sou a proteção da natureza.
Sou a nutrição de corpo e alma, para mim e para quem me cerca.
Sou a percepção que me faz calar.
Sou a respeitosa observação de tudo e todos.
Sou a humildade que inspira novas atitudes.
Sou a persistência que ajuda a ver com clareza.
Sou o afago no momento certo.
Sou o sorriso oferecido incondicionalmente.
Sou a entrega ao instante in?nito.

E posso não ser nada disso se for uma tola!

Lih Steiner



click na imagem para vê-la maior

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Krishnamurti: O que te impede?

Poucas, boas e diretas perguntas do filósofo indiano Jiddu Krishnamurti (1895-1986), um mestre na arte do auto-questionamento, sobre a mudança íntima e pessoal. Neste vídeo ele pergunta claramente “por que você não muda?“, conectando as consequências dos conflitos de nossa realidade às limitações que nos auto-impusemos e continuamos livremente escolhendo, re-criando toda a limitada realidade. Ou não somos sérios, ele diz, ou definitivamente não nos importamos.

Segue o vídeo abaixo (4min22seg), legendado em português, extraído do documentário “J. Krishnamurti Life Story & Teaching” (YouTube):



Fonte

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

OS SETE ASPECTOS DO VEGETARIANISMO À LUZ DO OCULTISMO


1º ASPECTO - VONTADE, AUTODETERMINAÇÃO, LIBERDADE

Estas palavras, segundo o Ocultismo, expressam o principio mais elevado [ATMA] que constitui a "alma humana".

Conforme a Sabedoria Antiga, o homem é em essência uma centelha divina, e como parte do Uno, também se manifesta ciclicamente nos diversos planos ou níveis de consciência.

Podemos chamar de alma a sede de sua consciência, e dizer que ela se utiliza em cada etapa de sua manifestação daquilo que é conhecido geralmente por "personalidade".

Quando colocado desta maneira, observamos que os seres humanos são almas que possuem corpos (como se fossem instrumentos ou ferramentas de trabalho), ao invés da crença atualmente aceita em nossas culturas de que somos um corpo que possui uma alma. Como pode o que é mortal possuir algo imortal? Como é possível o limitado conter aquilo que é ilimitado? É deveras impossível: No entanto, fomos levados a pensar que somos realmente as personalidades (mortais) e que possuímos uma alma (imortal).

Convém agora distinguir a diferença existente entre duas palavras que geralmente são tomadas como sinônimas, ou seja, a "vontade" e o "desejo".

De acordo com o que foi exposto, a vontade é a expressão suprema da alma humana, manifestando-se no mundo como atividade. O desejo, entretanto, é uma característica intrínseca da personalidade, e pode assumir diversos tipos, como a fome, o repouso, o sexo, que em última instância, são simplesmente necessidades passageiras daquele instrumento que denominamos corpo físico. Existem, evidentemente, outros desejos que se manifestam nos níveis emocional (afeto) e intelectual (compreensão), mas obviamente um desejo originado em qualquer destes níveis colige uma certa representação nos outros dois.

Por exemplo, o desejo de alimentar-se (fome) encontra sua contraparte no plano das emoções através da preferência pessoal (uns gostam disto, outros daquilo), e no plano dos pensamentos, quando utilizamos a memória (sempre temos em mente um bom restaurante, etc. )

Para tornar-se vegetariano numa cultura como a nossa (ocidental), após ter sofrido um massacrante condicionamento para o consumo de bens materiais, e para apresentar comportamentos sociais preestabelecidos pelos meios de comunicação, das diversas "propagandas", o indivíduo deve ter dentro de si uma forte VONTADE DE NÃO COMER CARNE.

Ao nascermos, o nosso primeiro alimento é o leite materno. Algumas semanas mais tarde recebemos papas de frutas, mingaus e legumes. Após alguns meses passamos a receber alimentos que contém caldos de carne, e com o aparecimento dos dentes, passamos a comer pedaços de carne.

Nesse período alguns pais observam que curiosamente as crianças começam a ficar doentes, um pouco mais tensas, agitadas, e em alguns casos até, chegam a recusar a carne.

Mas a imposição dos pais é mais forte que a reação natural da criança, e assim, pouco a pouco, o organismo passa a adaptar-se ao novo tipo de alimento.

Com o crescimento, a adaptação é completa, não apenas no nível fisiológico, como também no nível ideológico ou mental.

Existem adultos que realmente acreditam que o ser humano não pode viver sem comer carne.

Todas estas "necessidades" são na realidade um hábito, tal como fumar ou ingerir muita bebida alcoólica.

Quando a pessoa apresenta uma dependência, tanto à nível fisiológico quanto psicológico, dizemos que ela está viciada.

Infelizmente, ocorre o mesmo com a alimentação, a todos aqueles que, tendo uma alimentação carnívora bem farta, resolvem tornar-se vegetarianos por modismo ou esporte, desistem em menos de uma semana.

Somente aqueles que apresentam uma vontade espiritual suficientemente intensa é que são capazes de vencer as "necessidades" fisiológicas e os preconceitos que nos foram inculcados desde o berço até a idade adulta.

Com essa VONTADE, desenvolve-se a AUTODETERMINAÇÃO de escolher o tipo de alimento que o indivíduo deve ingerir para formar o seu corpo físico, fornecendo-lhe, assim, LIBERDADE de escolha.


"A carne é o alimento de certos animais. Todavia, nem todos, pois os cavalos, os bois e os elefantes se alimentam de ervas. Só os que têm índole bravia e feroz, os tigres e os leões, etc. , podem saciar-se em sangue. Que horror é engordar um corpo com outro corpo, viver da morte dos seres vivos."
Pitágoras

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Nem sempre tudo pode ser tudo

"Fiz de tudo e paguei tanto pra ser diferente!"
Estudei na melhor escola na minha infância. Depois fui pra USF, fiz pós na GV e fui pra Harvard. Viajei o mundo, conheci uma francesa, uma linda mulher, me casei e tivemos 02 filhos, sou proprietário de uma empresa multinacional e tive os melhores carros que o dinheiro poderia comprar (Porsche, Lambourguini, Mercedes e outros) e até um avião à jato - além de uma linda fazenda e outros imóveis em várias partes do mundo. 

Fiz tudo isso achando que seria diferente de todo mundo! Até que, num certo dia aprendi a meditar, nisso, descobri que no sistema que vivemos, somos aprisionados pelas crenças e por ele. Hoje, tenho uma outra visão do mundo, e diante disso, sou equilibrado e tenho a felicidade dentro de mim. 

Minha família e amigos não aceitaram e criticaram minha mudança para a plenitude. Eles me viam como um "extraterrestre". 

O que poderia fazer para que eles entendessem que encontrei o meu caminho e que tudo que possuia me serviu apenas como exemplo de conquista material, mas não a espiritual?  
Nada, Eu não poderia fazer nada nesse sentido!

Hoje, estou vegetariano e estruturado emocionalmente, sou alegre, tranquilo e me sinto um milionário inabalável.  

Como? Na paz que fiz eu encontrei a felicidade e o sentido da vida: Amar, compreender e respeitar tudo e a todos os seres!

Minha família?... Minha (ex)esposa se casou novamente e nossos filhos construiram suas famílias, porém, estão vivendo suas experiências e buscas para o caminho da felicidade também.


sou: KEIF

mantenha a fonte do conteúdo: http://sercosmico.blogspot.com/2011/07/nem-sempre-tudo-pode-ser-tudo.html

terça-feira, 14 de junho de 2011

TRANSFORMANDO AS RELAÇÕES VICIADAS EM RELAÇÕES ILUMINADAS

EM PRIMEIRO LUGAR, paramos de nos julgar, depois paramos de julgar o outro. O grande elemento catalisador para mudarmos um relacionamento é a completa aceitação do outro do jeito que ele é, sem querermos julgar ou modificar nada.
Isso nos leva imediatamente para além do ego. Nesse momento, todos os jogos mentais e toda a dependência viciada deixam de existir. Não existem mais vítima nem agressor, acusador nem acusado.
Esse é também o fim da dependência, da atração pelo padrão inconsciente do outro. Você, então, ou vai se afastar - com amor - ou penetrar cada vez mais fundo no Agora com o outro. É simples assim.
O amor é um estado do Ser. Não está do lado de fora, está bem lá dentro de nós. Não temos como perdê-lo e ele não consegue nos deixar. Não depende de um outro corpo, de nenhuma forma externa.
 
NA SERENIDADE DO ESTADO DE PRESENÇA, podemos sentir a nossa própria realidade sem forma e sem tempo, que é a vida não-manifesta que dá vitalidade à nossa forma física. Conseguimos, então, sentir essa mesma vida lá no fundo de outro  ser humano, de cada criatura. Conseguimos enxergar além do véu opaco da forma e da desunião. Essa é a realização da unidade. Isso é amor.
Embora possa haver curtos lampejos, o amor não consegue florescer, a menos que estejamos permanentemente livres da identificação com a mente e que a presença seja bastante intensa para dissolver o sofrimento do corpo. Assim, o sofrimento não consegue nos dominar e destruir o amor.


Trecho do livro: Praticando o Poder do Agora, Eckhart Tolle

sexta-feira, 29 de abril de 2011

AMAR OS ANIMAIS...

...É AMAR TODOS E NÃO SÓ ESTIMAR UNS!


Chegamos num momento que se esgotou... finalizou... saturou!!!

Fica aqui, um vídeo para reflexão, pois no "novo mundo", ou "nova era", isso não terá mais, ou seja, só haverá Amor Incondicional... Amor Universal...



"O AMOR QUE VOCÊ NEGA
É A DOR QUE VOCÊ CARREGA
VIDA APÓS VIDA"
(From Adromedan, Vissaeus e Morenae)


"Enquanto o homem continuar a ser destruidor impiedoso dos seres animados dos planos inferiores, não conhecerá a saúde nem a paz. Enquanto os homens massacrarem os animais, eles se matarão uns aos outros. Aquele que semeia a morte e o sofrimento não pode colher a alegria e o amor." (Pitágoras)



http://www.sauvons-un-taureau-de-corrida.com

terça-feira, 26 de abril de 2011

A Oração do Perdão



Faça esta oração à noite, antes de dormir, para seu inconsciente absorvê-la totalmente.
Atenção: Visualize o rosto da pessoa que você precisa perdoar, ou ser perdoado(a) por ela, e diga cada palavra, do fundo do coração, chamando-o(a) pelo nome.

Eu perdôo você... por favor, me perdoe...

Você nunca teve culpa...
Eu também nunca tive culpa...
Eu perdôo você... me perdoe, por favor.
A vida nos ensina através das discórdias...
e eu aprendi a lhe amar e a deixá-lo(a) ir de minha mente.

Você precisa viver suas próprias lições e eu também.

Eu perdôo você... me perdoe em nome de Deus.
Agora, vá ser feliz, para que eu seja também.
Que Deus te proteja e perdoe os nossos mundos.
As mágoas desapareceram de meu coração e só há Luz e Paz em minha vida.
Quero você alegre, sorrindo, onde quer que você esteja...
É tão bom soltar, parar de resistir e deixar fluir novos sentimentos!
Eu perdoei você do fundo de minha alma, porque sei que você nunca fez nada por mal e sim porque acreditou que era a melhor maneira de ser feliz...

... me perdoe por ter nutrido ódio e mágoa por tanto tempo em meu coração. Eu não sabia como era bom perdoar e soltar; eu não sabia como era bom deixar ir o que nunca me pertenceu.


Agora sei que só podemos ser felizes quando soltamos as vidas, para que sigam seus próprios sonhos e seus próprios erros.

Não quero mais controlar nada, nem ninguém. Por isso, peço que me perdoe e me solte também, para que seu coração se encha de amor, assim como o meu.
Muito obrigada!

Mensagem inspirada por Cristina Cairo, num momento de perdão SP 05/4/03


Fonte: STUM - Cristina Cairo

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Perdoar é libertar-se

Se alguém lhe atirasse uma pedra, o que você faria com ela?

Você a juntaria e guardaria para atirar no seu agressor em momento oportuno ou a jogaria fora?

Trataria dos ferimentos e esqueceria a pedra no lugar em que ela caiu?

Se você respondeu que a guardaria para devolver em momento oportuno, então pense em como essa pedra irá atrapalhá-lo durante a caminhada.

Vamos supor que você a guarde no bolso da camisa, onde fique bem fácil pegá-la quando for preciso.

Agora imagine como essa pedra lhe causará bastante desconforto.

- Primeiro porque será um peso morto a lhe dificultar a caminhada lhe exigindo maior esforço para mantê-la no lugar.

- Segundo porque cada vez que você for abraçar alguém, ambos sentirão aquele objeto estranho a machucar o peito.

- Terceiro porque se você ganhar uma flor, por exemplo, não poderá colocá-la no bolso já que ele estará ocupado com aquele peso inútil.

- Em quarto lugar, o seu agressor poderá desaparecer da sua vida e você nunca mais voltar a encontrá-lo e, nesse caso, terá carregado a pedra inutilmente.

Fazendo agora uma comparação com uma ofensa qualquer que você venha a receber, podemos seguir o mesmo raciocínio.

Se você guardar a ofensa para revidar em momento oportuno, pense em como será um peso inútil a sobrecarregar você.

Pense em quanto tempo perderá mentalizando o seu agressor e imaginando planos para vingar-se.

Pondere quantas vezes você deixará de sorrir para alguém pensando em como devolverá a ofensa.

E se você insistir em alimentar a idéia de revide, com o passar do tempo se tornará uma pessoa amarga e infeliz, pois esse ácido guardado em sua intimidade apagará o seu brilho e a sua vitalidade.

Mas se você pensa diferente e quando recebe uma pedrada, trata dos ferimentos e joga a pedra fora, perceberá que essa é uma decisão inteligente, pois agirá da mesma forma quando receber outra ofensa qualquer.

Quem desculpa seu agressor é verdadeiramente uma pessoa livre, pois perdoar é libertar-se.

Ademais, quem procura a vingança se iguala ao seu agressor e perde toda razão mesmo que esteja certo.

Somente pode considerar-se diferente quem age de forma diferente e não aquele que deseja fazer justiça com as próprias mãos.

Em casos de agressões que mereçam providências, devemos buscar o apoio da justiça e deixar a cargo desta os devidos recursos.

Todavia, vale ressaltar que perdoar não é apenas esquecer temporariamente as ofensas, é limpar o coração de qualquer sentimento de vingança ou de mágoa.

Pense nisso!

A pedra bruta perdoa as mãos que a ferem, transformando-se em estátua valiosa.

O grão de trigo perdoa o agricultor que o atira ao solo, multiplicando-se em muitos grãos que, esmagados, enriquecem a mesa.

O ferro deixa-se dobrar sob altas temperaturas e perdoa os que o modelam, construindo segurança e conforto.

Perdoar, portanto, é impositivo para toda hora e todo instante, pois o perdão verdadeiro é como uma luz arremessada na direção da vida e que voltará sempre à fonte de onde saiu.

Autor desconhecido

Luz na escuridão

Um dia, um menino de 3 anos estava na oficina do pai, vendo-o fazer arreios e selas. Quando crescesse, queria ser igual ao pai. Tentando imitá-lo, tomou um instrumento pontudo e começou a bater numa tira de couro. O instrumento escapou da pequena mão, atingindo-lhe o olho esquerdo.

Logo mais, uma infecção atingiu o olho direito e o menino ficou totalmente cego.

Com o passar do tempo, embora se esforçasse para se lembrar, as imagens foram gradualmente desaparecendo e ele não se lembrava mais das cores. Aprendeu a ajudar o pai na oficina, trazendo ferramentas e peças de couro.

Ia para a escola e todos se admiravam da sua memória. De verdade, ele não estava feliz com seus estudos. Queria ler livros. Escrever cartas, como os seus colegas. Um dia, ouviu falar de uma escola para cegos.

Aos dez anos, Louis chegou a Paris, levado pelo pai e se matriculou no instituto nacional para crianças cegas. Ali havia livros com letras grandes em relevo. Os estudantes sentiam, pelo tato, as formas das letras e aprendiam as palavras e frases. Logo o jovem Louis descobriu que era um método limitado. As letras eram muito grandes. Uma história curta enchia muitas páginas. O processo de leitura era muito demorado. A impressão de tais volumes era muito cara. Em pouco tempo o menino tinha lido tudo que havia na biblioteca.

Queria mais. Como adorava música, tornou-se estudante de piano e violoncelo. O amor à música aguçou seu desejo pela leitura. Queria ler também notas musicais.

Passava noites acordado, pensando em como resolver o problema. Ouviu falar de um capitão do exército que tinha desenvolvido um método para ler mensagens no escuro. A escrita noturna consistia em conjuntos de pontos e traços em relevo no papel. Os soldados podiam, correndo os dedos sobre os códigos, ler sem precisar de luz.

Ora, se os soldados podiam, os cegos também podiam, pensou o garoto. Procurou o capitão Barbier que lhe mostrou como funcionava o método. Fez uma série de furinhos numa folha de papel, com um furador muito semelhante ao que cegara o pequeno.

Noite após noite e dia após dia, Louis trabalhou no sistema de Barbier, fazendo adaptações e aperfeiçoando-o. Suportou muita resistência. Os donos do instituto tinham gasto uma fortuna na impressão dos livros com as letras em relevo. Não queriam que tudo fosse por água abaixo.

Com persistência, Louis Braille foi mostrando seu método. Os meninos do instituto se interessavam. À noite, às escondidas, iam ao seu quarto, para aprender. Finalmente, aos 20 anos de idade, Louis chegou a um alfabeto legível com combinações variadas de um a seis pontos.

O método Braille estava pronto. O sistema permitia também ler e escrever música. A ideia acabou por encontrar aceitação. Semanas antes de morrer, no leito do hospital, Louis disse a um amigo: "Tenho certeza de que minha missão na Terra terminou."

Dois dias depois de completar 43 anos, Louis Braille faleceu. Nos anos seguintes à sua morte, o método se espalhou por vários países.

Finalmente, foi aceito como o método oficial de leitura e escrita para aqueles que não enxergam. Assim, os livros puderam fazer parte da vida dos cegos. Tudo graças a um menino imerso em trevas, que dedicou sua vida a fazer luz para enriquecer a sua e a vida de todos os que se encontram privados da visão física.

Há quem use suas limitações como desculpa para não agir nem produzir. No entanto, como tudo deve nos trazer aprendizado, a sabedoria está, justamente, em superar as piores condições e realizar o melhor para si e para os outros.

Autor desconhecido

Se você acredita, parece verdade

Quantas vezes já dissemos: "Eu sou assim mesmo" ou "É, as coisas são assim". Essas frases na realidade estão dizendo que isso é o que acreditamos como verdade para nós, e, geralmente, aquilo em que acreditamos não passa da opinião de outra pessoa que incorporamos em nosso sistema de crenças. Sem dúvida, ele se ajusta a todas as outras coisas em que cremos.

Você é uma dessas pessoas que acordam numa certa manhã, veem que está chovendo e dizem: "Que dia miserável"?

Não é um dia miserável. É apenas um dia molhado. Se usarmos as roupas apropriadas e mudarmos nossa atitude, podemos nos divertir bastante num dia chuvoso. Agora, se nossa crença for a de que dias de chuva são miseráveis, sempre receberemos a chuva de mau humor. Lutaremos contra o dia em vez de acompanharmos o fluxo do que está acontecendo no momento.

Não existe "bom" ou "mau" tempo, existe somente o clima e nossas reações individuais a ele.

Se quisermos uma vida alegre, precisamos ter pensamentos alegres. Se quisermos uma vida próspera, precisamos ter pensamentos de prosperidade. Se quisermos uma vida com amor, precisamos ter pensamentos de amor. Tudo o que enviamos para o exterior, mental ou verbalmente, voltará a nós numa forma igual.

Do livro: Você pode curar sua vida - Louise L. Hay
Editora Best Seller

domingo, 10 de abril de 2011

A Arte da Paz

 
A Arte da Paz

UM
A Arte da Paz começa em você. Trabalhe em você mesmo e no caminho que escolheu na Arte da Paz. Todos têm um espírito que pode ser refinado, um corpo que pode ser treinado de algum modo, um caminho agradável para seguir. Você está aqui para sentir sua divindade interior e manifestar sua iluminação inata. Coloque paz em sua vida e então aplique a Arte em tudo que encontrar.

DOIS
Ninguém precisa ter prédios, dinheiro, poder ou status para praticar a Arte da Paz. O paraíso é exatamente onde você está e esse é o lugar para treinar.

TRÊS
Todas as coisas, materiais e espirituais, vem de uma mesma fonte e estão ligadas como uma família. O passado, o presente e o futuro estão dentro da força vital. O universo surgiu e se desenvolveu de uma única força e nós crescemos através de um processo maravilhoso de unificação e harmonização.

QUATRO
A Arte da Paz é o remédio para o mundo doente. Há maldade e desordem no mundo porque as pessoas se esqueceram de que todas as coisas vieram de uma única força. Voltemos para essa fonte, deixando para trás todo pensamento egoísta, desejos mesquinhos e raiva. Aqueles que não possuem nada possuem tudo.

CINCO
Se você não tem nada
Que o ligue
Ao verdadeiro desprendimento
Você nunca entenderá
A Arte da Paz.

SEIS
A Arte da Paz funciona em todo o lugar, da vastidão do espaço à menor planta ou animal. A força da vida é onipresente e seu poder ilimitado. A Arte da Paz nos permite sentir e penetrar nessa tremenda reserva de energia universal.

SETE
Oito forças sustentam a Criação:
Movimento e Imobilidade
Solidificação e Fluidez
Extensão e Contração
Unificação e Divisão.

OITO
Vida é crescimento. Se pararmos de crescer, tecnicamente e espiritualmente, melhor morrer. A Arte da Paz é a celebração da união do paraíso, terra e a humanidade. E isso é verdadeiro, bom e belo.

NOVE
Agora e de novo é necessário um retiro entre grandes montanhas e vales escondidos para restaurar sua ligação com a fonte da vida. Expire e deixe-se voar até os confins do universo; inspire e traga o cosmos para dentro de você. Depois aspire toda fecundidade e vibração da terra. Finalmente combine a respiração da terra com a sua própria e torne-se a respiração da vida.

DEZ
Todos os princípios do paraíso e da terra vivem dentro de você. A própria vida é a verdade e isto não mudará nunca. Tudo no paraíso e na terra respira. A respiração é o que une a Criação. E quando infinitas variações na respiração podem ser sentidas, as técnicas individuais da Arte da Paz estão nascendo.

ONZE
Observe o vai e vem das marés. Quando as ondas chegam à praia ,e elas crescem e quebram, criando um som. Sua respiração deve seguir o mesmo caminho, absorvendo todo o universo em seu abdome a cada inspiração. Saibam que todos temos 4 tesouros: a energia do sol e da lua, a respiração do paraíso e o vai e vem das marés.

Morihei Ueshiba

domingo, 27 de março de 2011

Transição Planetária, Ufologia e Espiritualidade: Grande evento em 02 de abril - Sábado

Encontro abordará assuntos como
Ufologia, Espiritualidade, Transição Planetária e Ashtar Sheran

No próximo dia 02 de abril, no auditório do Centro de Convenções de Serra Negra-SP, a empresa Fábio Produções estará promovendo o 2º. Encontro Cósmico do Circuito das Águas Paulista, trazendo para a cidade renomados conferencistas: dra. Mônica de Medeiros (médica-cirurgiã formada pela Unicamp, com Mestrado na Universidade de Illinois, em Chicago, fundadora e presidente da Casa do Consolador, entidade filantrópica universalista, mestra reikiana etc.), com o tema: “Ufologia e Espiritualidade: É possível unir essas vertentes?”; Luiz Gonzaga Scortecci de Paula (Ben Daijih) (arquiteto, escritor, paracontactado, codificador da Amasofia e superintendente geral do Grupo Aurora etc.) “Agenda Aquariana – Diretrizes para a Transição Planetária e a implementação de uma nova Civilização” (uma abordagem profética sobre o III Milênio); Prof. Laércio B. Fonseca (Físico formado pela UNICAMP, com especialização em Astrofísica e Cosmologia. Formado também em Artes Marciais, Filosofias Orientais e Espiritualismo) “O Comando Ashtar e a Era da Luz” e Margarete Áquila “participação especial” (psicanalista, musicista, compositora e cantora; estudiosa da nova ciência de Musicoterapia etc.), que enfocará no seu mais novo trabalho “Um Canto de Esperança”.

Investimento: R$ 25,00 mais 1 Kg. de alimento não-perecível (coffee break incluído).
Segundo Fábio Ibrahim El Khoury, organizador do evento, “Os alimentos arrecadados serão encaminhados para entidade social da cidade de Serra Negra”.
Os convites para tão esperado evento estarão à venda somente antecipado; o número de vagas é limitado (não serão vendidos convites no dia e na hora do evento).

São os seguintes os pontos de venda:
Arianne Gift Shop - Rua 7 de Setembro, 200 Loja 1 - Centro - Serra Negra - SP - (19) 3842-1412
Cicamp - Rua Cel. Pedro Penteado, 523 – Centro - Serra Negra – SP – (19) 3892-7424
TS Instrumentos Musicais – Rua XV de Novembro, 638-1 – Centro - Pedreira - SP (19) 3893-1005
Águaemflor Núcleo Terapêutico – Rua Barão de Campinas, 273 – Centro – Amparo - SP - (19) 3817-1519
GF Produções - Rua Cap. Alceu Vieira, 12 - Centro - Amparo - SP - (19) 3808-2744 (das 13h às 18h)

Para outras localidades, há a opção via deposito pelo Banco do Brasil. Para isso, fazer contato pelo e-mail: fabiodeamparo@gmail.com 

Informações: (19) 3808-6184 – 9827-5797 - www.fabioeventos.com.br

segunda-feira, 14 de março de 2011

EVENTO: DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA - 19 DE MARÇO

VI CONVITE AO DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA CÓSMICA
DA CASA DO CONSOLADOR


TEMA: O FUTURO DA TERRA (SEM MEDO)
DATA: 19/03/2011 (SÁBADO)
LOCAL: CASA DO CONSOLADOR
RECEPÇÃO: A PARTIR DAS 08h30


09h30 - PROF. SALVATORE DE SALVO (engenheiro, cientista...)
11h00 - MARCO ANTONIO PETIT (grande expoente da ufologia brasileira...)
14h00 - NELSON VILHENA GRANADO (hipnólogo, contatado...)
15h15 - MARGARETE ÁQUILA (musicista, psicanalista, contatada...)
17h00 - DRA. MÔNICA DE MEDEIROS (médium, médica, contatada...)


Informações e Inscrições:
CASA DO CONSOLADOR
RUA GUAPIAÇÚ, 75 - VILA MARIANA - SÃO PAULO-SP


Ingresso: "Ração Animal"
(EVENTO BENEFICENTE)

Almoço Vegetariano - R$ 12,00 (salgados, doces...)

Qualquer dúvida: (011) 7249-9468


sábado, 12 de março de 2011

Evento Cósmico chegando...


É com grande satisfação e encejo que apresento este evento.
O evento não tem fins lucrativos. O valor cobrado é para ajuda no custeio de todo evento, pois não tem patrocínio.
Embora o desejo grande de estar realizando, no sentido de "corrida contra o tempo", pois 2012 está ai e informações importantes devem ser difundidas, o evento tem como objetivo a informação.
Serão 03 apresentações (palestras) e 01 participação especial.
Para quem participar deste evento e fizer o cadastro (conforme instruções no dia), terá oportunidade de participar do 3º Encontro de forma mais facilitada.

As mudanças planetárias (cósmicas) estão ocorrendo com maior intensidade. 
Então é hora de unirmos e "REencontrar" com pessoas que tem essa busca, com o objetivo de elevar a consciência e fazermos parte de uma mudança maior que é o despertar (pelo amor, paz, harmonia e fraternindade).

Você que está lendo este, ajude divulgando para seus amigos.

Até lá...





CLICK AQUI

Veja mais: Astrofísico abordará sobre "Ashtar Sheran" em palestra

domingo, 6 de março de 2011

Louise L. Hay - Você pode curar sua vida

A teoria revolucionária de Louise Hay baseia-se no princípio de que somos responsáveis por nossas experiências, e que doenças do corpo têm origem em nossos padrões mentais. Assim, se nos livramos da culpa, dos ressentimentos, da autocrítica e dos rancores acumulados, podemos eliminar até mesmo as enfermidades mais graves. O método para isso consiste em identificar as causas mentais dos problemas físicos e de superá-las por meio de meditação e exercícios específicos. Estrondoso sucesso em todo o mundo, Você pode curar sua vida é muito mais que um livro de saúde: trata-se de uma obra simples e reveladora sobre a construção da auto-estima, o valor do perdão, a expansão da consciência.

Assista!   (Dublado com Legenda)

(parte 1)





.

terça-feira, 1 de março de 2011

Você Pode Mudar Sua Vida

Resolvi postar o seguinte vídeo (abaixo) para que possam saber mais sobre o poder que tem em mãos. Ops, em mente!






segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Carl Sagan - Última Entrevista


Última entrevista de Carl Sagan em vida.


Primeira Parte:



Segunda Parte:



Terceira Parte:


visite: http://www.carlsagan.com/

por wikipédia

Carl Edward Sagan (Nova Iorque, 9 de novembro de 1934Seattle, 20 de dezembro de 1996) foi um cientista e astrônomo dos Estados Unidos[2].
Em 1960, obteve o título de doutor pela Universidade de Chicago. Dedicou-se à pesquisa e à divulgação da astronomia, como também ao estudo da chamada exobiologia. Morreu aos 62 anos, de câncer, no Centro de Pesquisas do Câncer Fred Hutchinson, depois de uma batalha de dois anos com uma rara e grave doença na medula óssea (mielodisplasia).


Obra

Com sua formação multidisciplinar, Sagan foi o autor de obras como Cosmos[3] (que foi transformada em uma premiada série de televisão), Os Dragões do Éden (pelo qual recebeu o prêmio Pulitzer de Literatura), O Romance da Ciência, Pálido Ponto Azul e O Mundo Assombrado Pelos Demônios: A Ciência Vista Como Uma Vela No Escuro.
Escreveu ainda o romance de ficção científica Contato, que foi levado para as telas de cinema, posteriormente a sua morte. Sua última obra, Bilhões e Bilhões, foi publicada postumamente por sua esposa e colaboradora Ann Druyan e consiste, fundamentalmente, numa compilação de artigos inéditos escritos por Sagan, tendo um capítulo sido escrito por ele enquanto se encontrava no hospital. Recentemente foi publicado no Brasil mais um livro sobre Sagan, Variedades da experiência científica: Uma visão pessoal da busca por Deus, que é uma coletânea de suas palestras sobre teologia natural.
Isaac Asimov descreveu Sagan como uma das duas pessoas que ele encontrou cujo intelecto ultrapassava o dele próprio. O outro, disse ele, foi o cientista de computadores e perito em inteligência artificial Marvin Minsky.
Foi professor de astronomia e ciências espaciais na Cornell University e professor visitante no Laboratório de Propulsão a Jato do Instituto de Tecnologia da Califórnia. Criou a Sociedade Planetária e promoveu o SETI.


Trabalho Científico

Carl Sagan teve um papel significativo no programa espacial americano desde o seu início. Foi consultor e conselheiro da NASA desde os anos 1950[2], trabalhou com os astronautas do Projeto Apollo[2] antes de suas idas à Lua, e chefiou os projetos da Mariner e Viking, pioneiras na exploração do sistema solar que permitiram obter importantes informações sobre Vênus e Marte. Participou também das missões Voyager e da sonda Galileu. Foi decisivo na explicação do efeito estufa em Vênus e o descobrimento das altas temperaturas do planeta, na explicação das mudanças sazonais da atmosfera de Marte e na descoberta das moléculas orgânicas em Titã, satélite de Saturno. Ele também foi um dos maiores divulgadores da ciência de todos os tempos ao apresentar a série Cosmos em 1980.


Premiações

Recebeu diversos prêmios e homenagens de diversos centros de pesquisas e entidades ligadas à astronomia, inclusive o maior prêmio científico das Américas, o prêmio da Academia Nacional de Ciências (no caso, o Public Welfare Medal). Recebeu também 22 títulos honoris causa de universidades americanas, medalhas da NASA por Excepcionais Feitos Científicos, por Feitos no Programa Apollo e duas vezes a Distinção por Serviços Públicos. O Prêmio de Astronáutica John F.Kennedy da Sociedade Astronáutica Norte-Americana. O Prêmio de Beneficência Pública por “distintas contribuições para o bem estar da humanidade”. Medalha Tsiolkovsky da Federação Cosmonáutica Soviética. O Prêmio Masursky da Sociedade Astronômica Norte-Americana. O prêmio Pulitzer de literatura, em 1978, por seu livro Os Dragões do Éden e o prêmio Emmy, por sua série Cosmos. Em homenagem, o asteróide 2709 Sagan leva hoje seu nome.


Carl Sagan por Ann Druyan

No décimo aniversário do falecimento de Carl Sagan, esta nota foi publicada em seu site oficial:
Cquote1.svg É provável que, se você veio aqui para se juntar a mim em um ato de recordação neste décimo aniversário da morte de Carl, você já conheça bem as numerosas realizações científicas e culturais do homem. É provável que você saiba que ele desempenhou um papel principal na exploração de nosso sistema solar, que ele acrescentou algo a nosso conhecimento das atmosferas de Vênus, Marte e Terra, que ele abriu caminho a novos ramos de investigação científica, que ele atraiu mais pessoas ao empreendimento científico que talvez qualquer outro ser humano e que ele era um cidadão consciencioso tanto da Terra como do cosmo. Talvez você seja um de muitos que foi levemente empurrado a uma trajetória de vida diferente pela atração gravitacional de algo que ele disse ou escreveu ou sonhou. Em minha estimativa parcial, ele era uma figura histórica mundial que nos incentivou a deixar a espiritualidade geocêntrica, narcisista, “sobrenatural” de nossa infância e abraçar a vastidão — amadurecer ao tomar as revelações da revolução científica moderna de coração. Cquote2.svg


quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A última profecia de Peter Deunov

Profecia de Peter Deunov em relação ao fim da nossa civilização e início da Idade de Ouro na Terra.

 
A última profecia de Peter Deunov

Também conhecido pelo nome espiritual de Beinsa Douno, o Mestre Búlgaro Peter Deunov (1864-1944) foi um ser de elevado nível de consciência, e ao mesmo tempo um músico inigualável, que revelou durante toda a sua vida ser um exemplo de pureza, sabedoria, inteligência e criatividade.

Ele estabeleceu-se durante muitos anos perto de Sófia onde viveu rodeado por um grande número de discípulos, tendo devido ao seu esplendor despertado a espiritualidade de milhares de almas, não só na Bulgária, como também no resto da Europa.


Alguns dias antes da sua partida para o outro mundo, estando em transe mediúnico profundo, fez uma profecia extraordinária, com respeito à época conturbada que estamos atualmente a atravessar, sobre o ‘fim dos tempos’ e a chegada de uma nova Idade de Ouro à humanidade.

Eis o que diz no seu profundo e instigador testamento.

É corrente e também natural que alguém duvide que estas palavras tivessem sido proferidas há 60 anos.

«Durante a passagem dos tempos, a consciência do homem atravessou um período muito longo de obscuridade”.

Esta fase, que os Hindus chamam de ‘Kali Yuga’, está prestes a terminar. Encontramo-nos hoje exatamente na fronteira entre duas épocas: a do Kali Yuga e a da Nova Era que estamos a entrar.

Está, aliás, já a ocorrer um progresso gradual nos pensamentos, sentimentos e ações dos humanos, contudo, todos serão brevemente subjugados ao Fogo Divino, que purificará e prepará-los-á em direção à Nova Era.

Por conseguinte, o homem elevar-se-á a um grau de consciência indispensável à sua entrada para a Nova Vida.

Isso é o que se entende por ‘Ascensão’.

Passarão ainda muitas décadas até que este Fogo surja (foi proferido há 60 Anos), que irá transformar o mundo, ao trazer-lhe uma nova moral.

Esta onda imensa surgirá do espaço cósmico e inundará toda a Terra.


Todos aqueles que tentarem opor-se a ela serão arrebatados e transferidos para outro lugar.

Embora os habitantes deste planeta não estejam todos no meu grau de evolução, a nova onda será sentida por cada um de nós.

E esta transformação não só afetará a Terra, como também o conjunto de todo o Cosmos.

O melhor e a única coisa que o homem poderá fazer agora será voltar-se para Deus e aperfeiçoar-se conscientemente, a fim de elevar o seu nível vibratório, de modo a começar a viver em harmonia com a onda poderosa que o submergirá em breve.

O Fogo que eu falo, que acompanhará as novas condições oferecidas ao nosso planeta, rejuvenescerá, purificará, e reconstruirá tudo:

A matéria será refinada, os vossos corações serão liberados da angústia, dos problemas, da incerteza, e tornar-se-ão luminosos.

Tudo será aperfeiçoado, elevado!

Os pensamentos, os sentimentos e as ações negativas serão consumidas e destruídas.

A vossa vida presente é uma escravatura, uma prisão violenta.

Compreendam a vossa situação e, libertem-se dela. Volto a dizer-vos: fujam da vossa prisão!

É realmente uma pena ver-se tantas ilusões, tanto sofrimento, tanta incapacidade para compreender onde reside a verdadeira felicidade.

Tudo o que vos rodeia entrará brevemente em colapso e desaparecerá.

Nada restará nesta civilização, nem da sua perversidade!

Toda a Terra será abalada e não restará quaisquer traços desta cultura errônea que mantém os homens sob o jugo da ignorância.

Os terremotos não são apenas fenômenos mecânicos, pois a sua finalidade consiste igualmente em despertar o intelecto e o coração dos humanos, para que eles se libertem dos seus erros e das suas loucuras e para que eles entendam que não são os únicos no universo.

O nosso sistema solar está atualmente a atravessar uma região do Cosmos em que a constelação que foi destruída deixou a sua marca, as suas cinzas.

Esta viagem através de um espaço contaminado é uma fonte de envenenamento, não só para os habitantes da Terra, como também para todos os habitantes dos outros planetas da nossa galáxia.

Apenas os sóis não serão afetados pela influência deste ambiente hostil.

Esta região é denominada ‘zona treze’!

Também conhecida por ‘zona de contradições’.

O nosso planeta foi incluído nesta região por milhares de anos, mas estamos finalmente a aproximarmo-nos da saída deste espaço de trevas e estamos exatamente no ponto de atingirmos uma região mais espiritual, onde vivem seres mais evoluídos.

A Terra está agora a seguir um movimento ascendente e todos deviam se esforçar para se harmonizar com as correntes da ascensão.

Aqueles que recusarem a se subjugar a esta orientação, perderão os benefícios das boas condições que são oferecidas no futuro para se elevarem.

Eles permanecerão atrasados na evolução e terão de esperar muitos milhares de anos pela vinda de uma nova onda ascensional.

A Terra, o sistema solar, o Universo, estão todos a ser colocados numa nova direção sob o impulso do Amor.


A maior parte de vós ainda considera o Amor como uma força ridícula, mas na verdade, é a maior de todas as forças!

O dinheiro e o poder continuam a ser venerados como se o curso das vossas vidas dependesse disso.

No futuro, todos estarão subjugados ao Amor e todos o servirão.

Porém, será através do sofrimento e das dificuldades que a consciência do homem será despertada.

As terríveis premonições do profeta Daniel referidas na Bíblia relacionam-se com a época que se está a iniciar.

Haverá dilúvios, furacões, fogos colossais e terremotos que varrerão tudo do mapa.

O sangue correrá em abundância.

Haverá revoluções, explosões terríveis detonarão em numerosas regiões da Terra.

Onde houver terra a água a galgará, e onde houver água a terra surgirá.

Deus é Amor!

Contudo, estamos a lidar aqui com um castigo, uma resposta da Natureza aos crimes perpetrados pelo homem desde a noite dos tempos contra a sua Mãe; a Terra.

Depois destes sofrimentos, aqueles que forem salvos, a elite, conhecerá a Idade de Ouro, da harmonia e beleza ilimitada.

Portanto, mantém a tua paz e a tua crença quando os tempos chegarem para o sofrimento e terror, porque está escrito que não cairá nem um cabelo da cabeça do justo.

Não se desencorajem, sigam simplesmente o vosso trabalho de perfeição pessoal.

Não fazem uma pequena ideia da grandiosidade futura que vos espera!

Uma Nova Terra verá brevemente o dia.


Dentro de algumas décadas o trabalho será menos exigente, e cada um de vós terá tempo para se consagrar às atividades espirituais, intelectuais e artísticas.

A questão da comunicação entre o homem e a mulher será finalmente resolvida pela harmonia, tendo cada um a possibilidade de seguir as suas aspirações.

Os relacionamentos dos casais atingirão o respeito recíproco e a estima.

Os humanos viajarão através de diferentes planos do espaço e penetrarão no espaço intergaláctico.

Eles estudarão o seu funcionamento e conseguirão conhecer rapidamente o Mundo Divino, para se fundirem com o Centro do Universo.

A Nova Era é a da sexta raça.


A vossa predestinação é preparar-vos para ela, para recebê-la e vivê-la de boa vontade.

A sexta raça edificar-se-á em torno da ideia de Fraternidade.

Não haverá mais conflitos de interesses pessoais, a simples aspiração de cada um estará em conformidade com ele próprio e com a Lei do Amor.

A sexta raça será a do Amor.

Um novo continente será formado por ela.

Emergirá do Pacífico, de maneira que o Altíssimo possa finalmente estabelecer o Seu plano neste planeta.

Os fundadores desta nova civilização, a que eu chamo a ‘Irmandade da Humanidade’ ou também os ‘Filhos do Amor’, serão inabaláveis para o bem e representarão um novo tipo de homens.

Os homens formarão uma família, como uma grande associação, e todas as pessoas representarão um órgão nessa associação.

Na nova raça o Amor manifestar-se-á de uma forma perfeita, aquela que o homem hoje só tem uma vaga ideia.

A Terra permanecerá ainda um terreno favorável à contenda, mas as forças das trevas baterão em retirada, e a Terra libertar-se-á delas.

Os humanos ao verem que não há outro caminho empreenderão o caminho da Nova Vida, o da salvação.

No seu orgulho insensato, alguns desejam, numa derradeira esperança, continuar na terra uma vida que a Ordem Divina condena, mas cada um acabará por compreender que a direção do mundo afinal não lhes pertence.

Uma nova cultura verá a luz do dia, e permanecerá com três fundamentos principais: a elevação da mulher, a elevação do pacífico e humilde, e a proteção dos direitos do homem.

A luz, o bem e a justiça triunfarão! É só uma questão de tempo!.

As religiões serão purificadas.

Cada uma delas contém uma partícula dos Ensinamentos dos Mestres de Luz, embora obscurecida pelo incessante suprimento do desvio humano.

Todos os crentes terão de se unir e estarem plenamente de acordo com um princípio: o da colocação do Amor como a base de toda a crença, qualquer que seja ela.

Amor e Fraternidade serão a base comum!

A Terra será em breve varrida por extraordinárias ondas rápidas de Eletricidade Cósmica.

Daqui a algumas décadas, seres que são maus e que desencaminham os outros não serão capazes de suportar a sua intensidade.

Eles serão por isso absorvido pelo Fogo Cósmico que consumirá a maldade que eles possuem.

Então sentir-se-ão arrependidos porque está escrito que ‘toda a natureza animal glorificará a Deus’.

A nossa mãe, a Terra, livrar-se-á dos homens que não aceitam a Nova Vida.

Ela rejeitá-los-á tal como a fruta estragada.

Brevemente eles não serão capazes de reencarnar neste planeta, incluindo os criminosos.


Somente aqueles que possuem Amor dentro deles permanecerão.

Não haverá nenhum lugar na Terra que não esteja manchado de sangue humano ou de animal!

Ela deverá, portanto submeter-se a uma purificação.

E será para que isso aconteça que certos continentes submergirão enquanto outros emergirão.

Os homens nem suspeitam dos perigos que os ameaçam. Eles continuam a perseguir objetivos fúteis e à procura de prazer.

Ao contrário, os da sexta raça estarão conscientes da dignidade da sua função e respeito pela liberdade de cada um.

Eles alimentar-se-ão exclusivamente de produtos do reino vegetal.

As suas ideias terão o poder de circular livremente, tal como o ar e a luz dos nossos tempos.

As palavras ‘Se não nasceres novamente’ aplicam-se à sexta raça.

Ler o Capítulo 60 de Isaías que relata a chegada da sexta raça da Raça do Amor.

Depois das Tribulações, os homens cessarão de pecar e descobrirão outra vez o caminho da virtude.

O clima do nosso planeta tornar-se-á moderado por toda a parte e as variações brutais não existirão mais.

O ar tornar-se-á puro novamente, assim como a água. Os parasitas desaparecerão.

Os homens lembrar-se-ão das suas encarnações anteriores e sentirão o prazer de observar que se tornaram finalmente libertos das suas condições anteriores.

Da mesma forma em que se veem livres dos parasitas e das folhas mortas da videira, também os Seres evoluídos prosseguem na preparação dos homens para servir o Deus de Amor.

Eles oferecem-lhes boas condições para o crescimento e para se desenvolverem, e para aqueles que querem escutá-los, eles dizem:

« ‘Não tenham medo!

Mais algum tempo e tudo estará regularizado, estais no bom caminho. Possa todo aquele que queira entrar no estudo da Nova Cultura, trabalhar conscientemente e preparar-se. ’ »

Graças à ideia de Fraternidade, a Terra tornar-se-á um lugar abençoado, e isso não se fará esperar.

Contudo, antes disso será enviado muito sofrimento de forma a despertar as consciências.

Os pecados acumulados durante milhares de anos deverão ser redimidos.

A onda ardente emanada do Altíssimo contribuirá para liquidar o Karma das pessoas.

A liberação não poderá ser mais adiada.

A humanidade deverá preparar-se para grandes provas que são inevitáveis e estão a chegar para pôr fim ao egoísmo.

Sob a Terra, algo extraordinário está a ser preparado.

Uma revolução que é grandiosa e completamente inconcebível manifestar-se-á em breve na natureza.

Deus decidiu revestir a Terra, e Ele fá-lo-á!

Será o fim de uma época!!


“Uma nova ordem substituirá à velha, uma ordem na qual o Amor reinará na Terra.»


Peter Deunov – Apresentação sobre o Futuro – 1944
Post original em http://desvendarisis.blogspot.com/