"O tempo e espaço podem separar duas pessoas, mas nunca dois seres".-- Fábio Ibrahim El Khoury

Facebook

terça-feira, 31 de julho de 2012

A Verdadeira Causa do Câncer

Tema em Foco - Ensinamentos do Mestre Ryuho Okawa

ódio --- autopunição --- poder do coração --- relacionamentos --- maternidade
Excertos do livro O Caminho da Saúde Definitiva


A Verdadeira Causa do Câncer


É preciso encarar a doença com objetividade. Convém perguntar a si mesmo: “Por quê?” “Por que eu estou doente?” “Por que isso aconteceu comigo” e pensar muito.

No livro O Caminho da Saúde Definitiva, eu escrevi que o câncer é provocado pelos sentimentos de agressão e pensamentos autopunitivos. É verdade. Mas isso não significa que só pessoas más contraiam câncer e as boas não. As pessoas boas também abusam de si próprias esforçando-se demasiadamente. Por serem boas, elas se exaurem. Exigem muito de si, aceitam demasiado trabalho, são incapazes de tirar férias e muito menos de agir com desleixo ou vadiar. Mas, ao se punir em excesso para fazer o que lhes pedem, elas constroem, inconscientemente, ideias autodestrutivas dentro de si, as quais passam a trabalhar para derrubá-las. Elas só conseguem parar quando caem, então acabam caindo mesmo. Muita gente com plenas condições de trabalhar mais algumas décadas encerra a carreira prematuramente de tanto se punir. Portanto, é ingenuidade acreditar que a doença só atinge quem merece castigo. A situação é mais complexa do que se imagina.

Parece-me justo dizer que a avaliação objetiva da causa da sua doença é o fato de você ter errado na forma de controlar o seu coração e o seu corpo. Mas é bom saber que o pensamento que alimenta continuamente o ódio ou raiva contra os outros também causa a doença quando essas ideias destrutivas se voltam para dentro de si: em vez de afetar o alvo do seu ódio, afetam você, deixando-o enfermo.


“Eu escrevi que o câncer é provocado
pelos sentimentos de agressão e pensamentos
autopunitivos. É verdade. Mas isso não
significa que só pessoas más contraiam
câncer e as boas não.”

 
 Você deve pensar com muito cuidado. Se esse ódio só serve para fazer com que você adoeça, será que ele tem utilidade? Você pode passar muito tempo enviando pensamentos malignos na esperança de levar o infortúnio ao seu adversário, mas é muito provável que esses pensamentos retornem pelo mesmo caminho e façam com que você adoeça, ao passo que o seu adversário continua ileso. Se o seu ódio por alguém o está prejudicando, é óbvio que não vale a pena insistir em cultivar tais pensamentos. É preciso parar de se irritar, parar de desejar o mal dessa pessoa e abandonar o ressentimento. Do contrário, é a sua saúde que vai sofrer. Simplesmente para se proteger, você precisa se esforçar para reduzir o sentimento de culpa que tem com relação aos demais.

A isso se soma o problema da autopunição, a causa principal da doença entre os devotos e fiéis. Estes têm a tendência de punir a si mesmos. Consideram-se pecadores e são incapazes de perdoar os erros, falhas, e deslizes passados que cometeram contra os outros. Também neste caso, com o passar dos anos, essas ideias autopunitivas infeccionam e criam doença.

É claro que há causas físicas como, por exemplo, o excesso de fumo que pode levar ao câncer do pulmão. Por mais que o fumante o negue, é evidente para os demais que é ao hábito de fumar dois maços por dia que se deve atribuir a culpa pelo seu estado. A causa é efetivamente física, mas convém averiguar o motivo pelo qual ele não conseguiu abandonar o hábito de fumar. Talvez estivesse tentando se entorpecer para escapar ao sentimento de culpa ou ansiedade. É possível que tivesse muita frustração e estresse. De modo que, sim, existem causas físicas como a bebida, a alimentação, o fumo, etc., que conduzem à doença, mas a razão oculta é um problema do coração. Cerca de 70% deles relacionam-se com problemas psicológicos, portanto, tratar do coração há de curar 70% das doenças.


“ ... a razão oculta é um problema do
coração. Cerca de 70% deles relacionam-se com
problemas psicológicos, portanto, tratar do
coração há de curar 70% das doenças.”



Os cânceres que ocorrem em certas regiões do corpo feminino, como o câncer de mama e o do útero, quase sempre tem causa conjugal. Quando o marido engana a esposa e não volta para casa ou quando tem outra mulher fora do casamento, uma esposa forte talvez consiga contornar a situação e convencê-lo a se corrigir. Neste caso, o problema não resultaria em câncer. Mas uma mulher menos forte suprime esses sentimentos negativos, e a consequência geralmente resulta em câncer de mama ou uterino.

O motivo pelo qual essas regiões femininas são afetadas é que, quando a esposa ataca o marido e não consegue vencê- lo, esse ataque se volta contra ela, que põe a culpa em seu próprio sexo feminino, na sua natureza básica de mulher. Os sintomas não tardam a se manifestar; em poucos meses, aparecem câncer, tumores e similares. Do mesmo modo, quando a mulher se responsabiliza a si própria, na realidade, está tentando fazer com que o marido se arrependa. “É por sua culpa que eu estou doente. Faça as pazes comigo, do contrário, eu venho assombrá-lo quando morrer!”. É uma ameaça para que ele volte cedo para casa e cuide dela. Seu desejo de que o marido se arrependa do que fez é tão forte que cria doença nela. Isso nunca é feito pela consciência superficial, e sim pelo subconsciente e, com frequência, é a causa de muitas doenças.


“ Os cânceres que ocorrem em certas
regiões do corpo feminino, como o câncer
de mama e do útero quase sempre tem
causa conjugal.”




 Em tais ocasiões, a tendência é pensar: “Vou fazer com que a minha doença piore ainda mais para que ele me pague”, mas para se curar, é preciso trabalhar no sentido da reconciliação. Assim, se você tiver um sentimento muito reprovador por alguém, vire o seu pensamento de ponta-cabeça e reflita sobre si. Verifique se não falta alguma coisa em você e procure enxergar e elogiar as partes boas da outra pessoa, às quais você não deu muita atenção. Isso levará a outra pessoa a melhorar sua atitude para com você. O marido se afasta da esposa porque ela lhe atira pedras. Se ela parar de fazer acusações e, pelo contrário, refletir sobre os seus próprios pensamentos e atos, ele voltará. A mulher pode se queixar porque “Ele não vem para casa” ou “Ele me engana”, mas o marido provavelmente também não gosta de ficar na rua até tarde da noite. As vibrações do pensamento de críticas são muito rudes. Ele simplesmente evita ir para casa para fugir da esposa. Mas, se esta procurasse ser mais amável, ele voltaria para ela. Eu sei que é difícil, mas, para restaurar a harmonia, você precisa olhar também para si própria, recordar como se sentia quando era recém-casada e tentar recomeçar. Se você procurar fazer isso, o seu parceiro começará a mudar imediatamente. Por favor, tente, faça essa experiência. 
 

“ Eu sei que é difícil, mas, para restaurar a
harmonia, você precisa olhar também para
si própria, recordar como se sentia quando era
recém-casada e tentar recomeçar. ”



Isso é muito melhor do que adoecer e morrer. Quando leva tal coisa em conta, você percebe que pode recomeçar tantas vezes quantas forem necessárias na vida, portanto, pare de repreender continuamente o seu parceiro. Parece que as pessoas gastam muito tempo e energia para ampliar os danos trazendo à baila coisas que aconteceram há dez, vinte anos ou tratando questões secundárias como se fossem grandes problemas. No entanto, é sempre melhor minimizar o dano, por isso, eu espero que você faça o possível para trabalhar no sentido de restaurar a relação.

As enfermidades ligadas às preocupações com a família são muito comuns entre as mulheres. Além das questões referentes ao sexo oposto, as preocupações com os filhos também podem causar problemas no útero. Como esse é o lugar em que os filhos são gerados, se a mãe culpar a si mesma pelo que os filhos vieram a ser, acaba pensando que há algo de errado com a sua capacidade como mulher. Essa autorreprovação se manifesta na forma de doença do útero ou algo parecido.

   
   
“ ...se a mãe culpar a si mesma pelo que os
filhos vieram a ser, acaba pensando que há
algo de errado com a sua capacidade como
mulher. Essa autorreprovação se manifesta
na forma de doença.”

 

Portanto, por favor, saiba que os seres humanos têm realmente o poder de criar doença. Uma vez que você haja compreendido qual é a causa da sua enfermidade, olhe para as coisas com a perspectiva de “mudar a vida mudando os pensamentos”, e trabalhe rumo a esse objetivo.

“Portanto, por favor,
saiba que os seres
humanos têm realmente o
poder de criar doença.
Uma vez que você haja
compreendido qual é
a causa da sua enfermidade,
olhe para as coisas
com a perspectiva de
‘mudar a vida mudando
os pensamentos [...]’ ”

 
Fonte: happyscience

As Leis da Eternidade: Uma Visão do Mundo Sob a Óptica de El Cantare

As Leis da Eternidade - Ryuho Okawa
Uma Visão do Mundo Sob a Óptica de El Cantare



AS LEIS DA ETERNIDADE
(The Laws of Eternity )

Uma mensagem de Buda
Uma mensagem do Japão
Um presente do Japão

Ryuho Okawa
Happy Science
(Ciência da Felicidade)

"As Leis da Eternidade - 1"
Conexão com o Mundo Espiritual



.

domingo, 29 de julho de 2012

CUIDADO COM A MEMÓRIA DE SUA CASA

CUIDADO COM A MEMÓRIA DE SUA CASA!
 
  

O padrão vibratório de uma casa tem relação direta com a energia e o estado de espírito de seus moradores. Tudo o que pensamos e fazemos, as escolhas, os sentimentos, sejam bons ou ruins, são energias. O resultado reflete nos ambientes, pessoas e situações.

O corpo é nossa primeira morada e nossa casa, sua extensão. É ela que nos acolhe, protege e guarda nossa história. Da mesma forma que limpamos, nutrimos e cuidamos da vibração de nosso corpo, devemos estender esses cuidados e carinhos ao lar.
Mais que escolher o imóvel e enfeitá-lo com móveis e objetos - muitas vezes guiados apenas por modismos ou pura praticidade -, a elaboração da atmosfera de um ambiente é importante porque reflete a personalidade de seu dono, dando pistas sobre seus gostos, estilo de vida, história e sonhos.

Há quem acredite que, colocando cristais, sinos de vento, fontes, espelhos, instrumentos do feng shui, é possível atrair bons fluídos e equilíbrio para dentro de casa.
Mas, é muito pouco, pois a personalidade de um ambiente vai além.
Ela é conseguida dia após dia, não apenas com técnicas, mas com pequenos atos de carinho e com muita energia boa.

Além de atrair bons fluídos para nosso lar, temos todas as condições de criá-los no interior do próprio ambiente. O conjunto de pensamentos, sentimentos, estado de espírito, condições físicas, anseios e intenções dos moradores fica impregnado no ambiente, criando o que se chama de egrégora.

Você, com certeza, já esteve em uma residência ou ambiente onde sentiu um profundo bem-estar e sensação de acolhimento, independe da beleza, luxo ou qualquer outro fator externo. Essa atmosfera gostosa, sem dúvida, era dada principalmente pelo estado de espírito positivo de seus moradores.
Infelizmente, hoje em dia, é muito mais corriqueiro entrarmos em ambientes que nos oprimem ou nos dão a sensação de falta de paz e, às vezes, até de sujeira, mesmo que a casa esteja limpa.
A vontade é ir embora rapidamente, ainda que sejamos bem tratados.

O que poucos sabem é que as paredes, objetos e a atmosfera da casa têm memória e registram as energias de todos os acontecimentos e do estado de espírito de seus moradores.
Por isso, quando pensar na saúde energética de sua casa, tome a iniciativa básica e vital de impregnar sua atmosfera apenas com bons pensamentos e muita fé. Evite brigas e discussões desnecessárias.
Observe seu tom de voz: nada de gritos e formas agressivas de expressão.
Não bata portas e tente assumir gestos harmoniosos, cuidando de seus objetos e entes queridos com carinho.

Não pense mal dos outros.
Pragas, nem pensar!
Selecione muito bem as pessoas que vão freqüentar sua casa.
Festas, brindes e comemorações alegres são bem-vindas porque trazem alegria e muita energia, mas cuidado com os excessos.
Nada de bebedeiras e muito menos uso de drogas, que atraem más energias.
Se você nutre uma mágoa profunda ou mesmo um ódio forte por alguém, procure ajuda para limpar essas energias densas de seu coração.
Lembre-se que sua casa também pode estar contaminada.
Aprenda a fazer escolhas e determine o que quer para sua vida e ambiente onde mora.
Alegria, amor, paz, prosperidade, saúde, amizades, beleza já estão bons para começar, não é mesmo?

Reflita sobre como você vive em sua casa, no que pensa, como anda seu humor e reclamações do seu dia-a-dia. Tudo isto interfere no seu astral.
Coloque os pensamentos em dia e utilize flores naturais em sua casa.


"Compartilhar e-mails com mensagens positivas é colaborar com a disseminação da luz, abrindo corações, despertando consciências, contribuindo assim, para a transformação planetária.


Aplica-se TAMBÉM em empresas, consultórios, escritórios.
 
 
Franco Guizzetti é consultor e professor de Feng Shui e de Geobiologia/Radistesia

.

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Nascimento de uma Nova Humanidade

Drunvalo Melchizedek é um mestre espiritual dos USA, físico, matematico e especialista na secreta Geometria Sagrada, apresenta seus trabalhos e descobertas em seus workshops a 27 anos com alunos e discipulos em mais de 60 paises. Estudou com mais de 70 mestres, trabalhou junto ao governo egipicio no estudo das piramides de Gizé e lidera a comunicação entre muitas tribos pelo mundo e o mundo civilizado, incluindo os Maias. Atualmente trabalha dando workshops sobre tecnicas espirituais nos USA e e em mais de 33 paises. Foi a primeira pessoa no mundo de nossa era a desvendar matematicamente e geometricamente o corpo de luz conhecido em tempos antigos como Merkaba, uma de suas tecnicas principais ensinadas em seus workshops.
Contribui incansavelmente com projetos de consciência e preservação do meio-ambiente. É um ser de imenso coração cujo principal propósito na Terra é auxiliar a humanidade a viver em alegria e a re-lembrar seu propósito na Terra. Nesse sentido, seu trabalho mais importante tem sido o de compilar e de tornar acessíveis os ensinamentos de Geometria Sagrada, da Flor da Vida (o padrão de criação de tudo o que existe) e da Mer-ka-ba.  Autor de 4 livros sobre conhecimento místico e espiritualidade.


O vídeo está legendado e em playlist
"como o vídeo está divido em 6 partes, no playlist ele termina uma parte e começa a outra"


Aproveitando, deixo o seguinte site www.encontrocosmico.com.br  para que você possa se cadastrar e participar de eventos relacionados.

.

SET: Como ganhar dinheiro

Como resolver a questão do dinheiro usando SET orientada às nossas sombras e nossa Luz.

por Mauro Muller


SET - Simple Energy Techniques (Técnica Energética Simples)
  
A SET  é uma das técnicas de psicologia energética mais simples e fácil de  usar, desenvolvida pelos australianos Steve Wells e David Lake, a partir de suas experiências profissionais.  Tem origem nas técnicas como EFT, TFT e outras baseadas em meridianos de energia, além de vários elementos únicos, o que a diferencia de outras abordagens.


É ainda mais simples que a EFT. Você nem precisa formular frases e pode ser usada em qualquer lugar, a qualquer hora, mesmo durante uma reunião, entrevista, provas, etc.  Não é preciso nem mesmo seguir a sequência de pontos, que são mais discretos que na EFT; basta ir estimulando continuamente alguns dos pontos ensinados até o desconforto desaparecer.  

Da mesma forma que a EFT, a SET pode ajudar nos problemas abaixo, porém de forma discreta e quase sem sentir:

Alcançar seus objetivos, Aliviar stress, Diminuir medos e fobias, Acalmar comportamento compulsivo, Aumentar energia, Reduzir ansiedade e ataques de pânico, Controlar a raiva, Aliviar dores físicas, Modificar maus hábitos, Instalar crenças e atitudes positivas, Libertar-se de emoções negativas de eventos passados, Superar problemas de auto-estima e auto-imagem, Superar dificuldades de relacionamentos, Ajudar crianças a superar desafios emocionais, etc.

internet